INTERSTELLAR

Interstellar: encontrando seu repouso perdido
Série fotográfica do artista visual Simon McCheung aborda a relação do homem com o meio em que vive


“Quando eu decidi ir para a Islândia, eu sabia que era um país cheio de paisagens desconhecidas e estranhas. Isso levou a série Interstellar. Em que um personagem explora um novo mundo.” Assim o artista visual Simon McCheung explica de onde surgiu sua série fotográfica ‘Interstelar’.

Radicado em Londres, Simon McCheung é como uma boa parte dos criativos de sua geração, usa a arte e o próprio corpo para transmitir sua mensagem, não se atendo a uma função específica e concentrando seu talento para transformar temas como o homem e a natureza em imagens subversivas que estimulam a profunda reflexão do espectador. 

O artista conta que durante conversa com moradores da Islândia, eles explicaram que o gelo e as geleiras estavam derretendo em um ritmo alarmante, causando incerteza no ecossistema e afetando a vida dos mesmos. O que, segundo ele, foi a base para a narrativa de sua série.










Conheça mais de seu trabalho em seu site
Tecnologia do Blogger.

INSTAGRAM FEED

@cartolamag